Na sexta-feira dia 13.09 foi realizado um tour tecnológico onde profissionais da assistência técnica e produtores associados da Cotrisoja puderam acompanhar na prática os resultados obtidos num projeto inovador da cooperativa. Foram realizadas três visitas a produtores e finalizado na área demonstrativa de pastagens na unidade da Cotrisoja em Quinze de Novembro que foi a escolhida para sediar o projeto, na frente do mesmo está o Engenheiro Agrônomo Gerson Schiavo que com apoio da Nutritambo, Biotrigo e ATTO Adriana Sementes acompanharam os produtores desde o início.

A produção de forragens de alta qualidade implica em vários fatores que devem andar juntos para alcançar ótimos resultados que são:

- Escolha da variedade ou híbrido que tenha alto potencial produtivo e com qualidade;

- Plantio bem realizado;

- Adubação condizente com a estimativa de produção da forragem;

- Manejo adequado conforme a cultura, objetivando alcançar os melhores resultados possíveis.

O diferencial neste trabalho conduzido pelo Gerson Schiavo teve um embasamento muito forte no manejo diferenciado, seja das pastagens ou do trigo silagem, com apoio da equipe técnica da Nutritambo foram realizadas inúmeras visitas objetivando melhorar este quesito que é fator determinante no processo produtivo.

Principais fatores que foram trabalhados junto aos associados:

- Convencimento de que trabalhar com produtos diferenciados é mais econômico e vantajoso;

- Ajuste da adubação para altas produtividades;

- Entrada e saída dos piquetes na altura ideal, pensando sempre em aproveitar o alimento no momento que possui maior qualidade e conseguir também alongar o ciclo produtivo;

- Piqueteamento como forma de ajustar manejo e buscar maior eficiência;

- Roçada como instrumento fundamental para manter as pastagens sempre com grande quantidade de folhas e contribuindo para o aumento do ciclo produtivo;

As propriedades que foram acompanhadas tiveram excelentes resultados, pois além de melhorar a produção de leite ainda conseguiram formar uma grande quantidade de palhada sobre o solo e quebrando o paradigma de que “vacas terminam com a terra”.

Os materiais da Biotrigo que foram trabalhados foram o Trigo Energix e Lenox.

- Trigo Energix é uma mistura de duas variedades de trigo específicas para produção de silagem. Com a mistura conseguiu-se melhorar a qualidade da silagem produzida, além de aumentar a janela de corte do mesmo.

              A silagem de Trigo Energix é uma das melhores ferramentas para fechamento de dietas, independente da categoria, desde bezerras até vacas em lactação, além de animais de corte. Com alto teor de proteína e ótimo amido a silagem de Energix também se caracteriza por entregar uma fibra de excelente qualidade.

- Trigo Lenox é um trigo que veio para fechar uma janela de produção de pastagens que é muito deficiente no período, saída do verão e entrada no outono.

O Lenox pode ser plantado em início de março e não tem os problemas que ocorrem com as aveias e azevéns plantados no cedo, principalmente com relação a doenças como a brusone que dizimou muitas lavouras neste ano e a questão do alongamento da planta em função do calor e fotoperíodo.

Produtores que participaram do projeto já afirmaram que irão no mínimo duplicara a área plantada, pois o material superou as expectativas lá do início do projeto, pois além de produzir muito alimento no cedo ele manteve esta constância até o momento e será dessecado com grande quantidade de material sobre a área, contribuindo assim com a formação de palhada e matéria orgânica do solo. Segundo Lucas Goelzer, um dos participantes do projeto, as vacas aumentavam em média 1,5 litros quando entravam pastejando sobre o Lenox comparado com pastejos sobre a aveia.

O projeto da Cotrisoja é ampliar este tipo de trabalho, pois os resultados que os associados alcançaram já são muito robustos e mostram que quanto mais o produtor investe em produção de alimentos de alta qualidade, menor será o seu custo de produção e maior será a produtividade, seja ela por animal ou por hectare.

A ATTO Adriana Sementes também participou do projeto e apresentou vários materiais diferenciados aos associados da Cotrisoja.

- Trevo Alexandrino Tigri foi uma das novidades, sendo um trevo totalmente diferenciado dos materiais existentes no Brasil. A maioria dos produtores que implantaram o trevo aproveitaram áreas de grama tifton e fizeram uma sobresemeadura no local. As propriedades visitadas estavam com um trevo de alta qualidade, sendo produzido num momento que não teria nada de alimento sobre a área em função das geadas. Este material continuará produzindo alimentos até final de novembro e não afetará o desenvolvimento da grama.

- Azevém Nibbio é um diploide que possui características especiais, sendo muito produtivo, possui um crescimento mais ereto, com rápido desenvolvimento e tolera temperaturas mais altas, dando uma condição de ser plantado mais no cedo.

- Azevém Ceronte é um tetraploide com características de alto teto produtivo, alta qualidade, ciclo alongado e que encaixa perfeitamente num planejamento onde seja preciso avançar com as pastagens de inverno.

Tanto o Nibbio como o Ceronte são materiais que podem ser utilizados para pastejo, produção de feno ou pré-secado.

 

Vantagens de Anunciar Aqui

Meu Tambo quer aproximar os produtores de leite, auxiliando os mesmos na introdução de novas tecnologias nas propriedades, sempre buscando melhorias nos processos produtivos. Levamos conhecimento técnico e prático sobre produção de leite através de palestras para produtores.

  • Facilidade de anunciar
  • Divulgação rápida
  • Retorno imediato
  • Comodidade
  • Alcance abrangente
Meu Tambo