Discutir sistemas é andar em círculo, discutir formas de melhorar os sistemas é sair fora da bolha e avançar nos processos.

Tive a oportunidade de apresentar uma das palestras na 12º Semana Acadêmica do Curso de Medicina Veterinária na UCEFF em Itapiranga – SC, onde o assunto abordado foi “Produção de leite à base de Pasto. Quebrando Paradigmas”.

O público presente era formado por estudantes, professores e produtores, então procurei fazer uma abordagem diferente. A preocupação principal não foi como produzir uma pastagem de qualidade, mas sim como fazer o produtor entender que é preciso mudar a forma como está fazendo.

Não existe uma fórmula que pode ser aplicada a todos os profissionais da assistência técnica, cada um molda seu estilo de trabalho, como moldei a minha, pois as variáveis são diferentes de um local para outro e isto deve ser levado em consideração.

De nada adianta ser o mais entendido em adubação, espécies de pastagens, manejo, animais, etc. se o profissional não consegue cativar o produtor a mudar, pois ele é o ator principal de todo o processo e quem toma as decisões na propriedade.

Algumas dicas que passamos para os estudantes:

- Não existe fórmula de bolo, cada propriedade é uma realidade;

- Procure conversar com todas as pessoas envolvidas na atividade, proprietário, proprietária, filhos e empregados;

- Identifique todos os gargalos da propriedade, mas oriente a mudança primeiramente pela alimentação, pois ela melhorará produção e esta dará condições de mudar outros processos;

- Nunca queira mudar tudo de uma só vez, problemas devem ser resolvidos um de cada vez;

- Não saia da propriedade sem elogiar, por mínimo que tenha sido o avanço, isto dará estímulo ao produtor melhorar ainda mais;

- Exemplos bons podem ser divulgados em outras propriedades, exemplos ruins jamais comente;

- Procure evitar o famoso “você fez errado, não era para ser assim”, ninguém vai melhorar sem cometer alguma falha, isto faz parte do aprendizado;

- Quando houver alguma resistência em mudar o processo de produção de pastagens, acorde com o produtor a fazer pelo menos uma parcela da área da forma correta;

- Fique longe dos pessimistas, estes contagiam;

- Não seja mais um vendedor de produtos, pois os produtores estão saturados com isto, busque levar conhecimento técnico aplicável na propriedade;

Aos produtores que participaram deixamos um recado bem claro, é preciso fazer cada vez melhor e buscar a eficiência produtiva na propriedade e com resultados positivos, pois quem não buscar a profissionalização terá grande chance de ficar de fora do sistema.