EMATER e Secretaria de agricultura e meio ambiente realizaram uma tarde de campo na propriedade de Edmilson e Eliana Turchetto na Linha Zanatta, Taquaruçu do Sul, sendo a bovinocultura de leite o tema do evento, com foco muito grande em produção de leite a base de pasto com suplementação. Um grande número de produtores participaram do evento.

Vários foram os temas abordados e todos com muita propriedade e conhecimento por parte dos profissionais que apresentaram.

Luciano Schievenin e Mateus Cargnin falaram sobre o tema planejamento forrageiro. Segundo Luciano é possível sim reduzir drasticamente os efeitos dos vazios forrageiros que tanto prejuízo causam na maioria das propriedades. “Hoje temos materiais com genética superior sendo ofertados ao produtor, mas somente a semente não vai resolver os problemas, é preciso sim levar suporte junto com uma adubação adequada e manejo correto das pastagens”.

Mateus também abordou o assunto dando um enfoque que é preciso investir na produção de pastagem de qualidade, sendo que a primeira pessoa a tomar a decisão de querer mudar a realidade deve partir do próprio produtor. “O seu Edmilson segue as recomendações de adubação que são feitas, por isto se olharem ao redor vão ver que as pastagens estão bonitas e com muitas folhas com qualidade, o milho também está numa condição ótima, a aveia já está implantada e agora irá plantar o Trigo Lenox, mesmo tendo ainda pastagem de verão produzindo”.

Amarildo Casaril dos Santos da Sec. Agricultura fez uma explanação sobre vários fatores que impactam na produção de leite a pasto. Os principais temas que foram abordados pelo profissional foram:

- Alimentos de qualidade devem ser priorizados;

- Fechamento de dieta é básico para alcançar altas produtividades;

- Suplementação com ração e silagem é necessário para sistemas a base de pasto;

- Conforto animal deve ser encarado com mais seriedade;

- Reprodução é reflexo de vários fatores;

- Período pré-parto é o momento que o animal deve receber um cuidado todo especial, além de um mineral próprio para a fase;

- Pós-parto até o pico de produção é o momento que é definido se a lactação irá gerar resultado positivo ou negativo em termos financeiros;

- Criação de bezerras interfere diretamente no desempenho da propriedade;

Alex Rubim e Marlene Zanatta Bridi apresentaram o Case da propriedade, destacando que a mudança ocorreu porque o casal assimilou a orientação técnica e pôs em prática aquilo que foi planejado. Uma propriedade que além de dobrar produção de leite, também melhorou a sede da propriedade, com embelezamento do jardim, gerou um crescimento muito grande na autoestima da família.

O casal Edmilson e Eliana foram enfáticos em afirmar que é possível mudar para melhor, mas para isto ocorrer é preciso acreditar na assistência técnica e agradeceram todos que se empenharam em auxiliar nas mudanças ocorridas.

No encerramento do evento Julio Cezar Guerra agradeceu a participação dos produtores e parceiros, o prefeito municipal Valmir Mengat parabenizou o casal por acreditar na equipe técnica e o secretário da agricultura Tiago Pesotto também falou dos projetos que o município tem para a atividade leiteira.


Fonte: www.meutambo.com.br